Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Decoração: Aladdin

O filme mais falado da estação chegou, Aladdin, com Will Smith no elenco. Já está em todos os cinemas nacionais, ainda não vi, mas definitivamente quero ver, como é que podia perder uma história que adoro, onde as personagens ganham vida com atores como Will Smith. E porque adoro cinema, e porque este é o filme do momento, porque não procurar inspiração no Aladdin para dar um toque diferente à decoração lá de casa, inspire-se!

 

Os interiores do filme Aladdin são um espelho da cultura indiana, onde os dourados, as tapeçarias e as mais variadas cores se misturam com a grandiosidade dos palácios. Decidi criar um ambiente mais moderno e fresco, onde o padrão Missoni do sofá Kartell se mistura com o painel em madeira trabalhada, que pode colocar na parede do sofá ou a dividir um espaço na sala de estar. As transparências da estrutura do sofá e a iluminação em vidro e dourado, onde as velas se misturam com a iluminação elétrica, dão um toque mais leve ao espaço e humanizam o ambiente. Quando opta por candeeiros em vidro transparente, coloque um reóstato para poder regular a intensidade da luz, adequando o ambiente às suas necessidades. Descubra outras ideias de decoração inspiradas no filme Bohemian Rhapsody ou na série Game of Thrones.

 

Já que Will Smith é o génio da Lâmpada, aproveite para conhecer a casa do ator, inspirada no México. Basta clicar aqui para esprteitar todos os cantos e recantos da casa situada em Los Angels.

 

Aladdin Primeira Casa da Rua.jpg

Aladdin Primeira Casa da Rua.jpg1. Sofá Kartell com tecido Missoni; 2. Painel em madeira trabalhada; 3. Candeeiro de teto com três globos de vidro; 4/5. Porta velas Zara Home; 6.  Macrame, faça você mesmo. Descubra aqui a base para começar o seu próprio projeto; 7. Tapete em lã, Zara Home.

 

Cá por Casa: Jantar com vista para o Tejo

A grande novidade da rentrée é o restaurante FERROVIÁRIO, um espaço com 50 lugares sentados num terraço com vista sobre o Tejo, a carta é assinada pelo chef Vítor Hugo, também chef executivo do Peixola. Já lá jantei e é um espaço a não perder. Quanto à decoração, os materiais naturais, tais como a palhinha ou o sisal misturam-se com os algodões das toalhas de mesa e das almofadas, que pode encontrar nos sofás feitos com pinho nórdico. O camuflado a cobrir o espaço, os candeeiros em palhinha e as plantas que rodeiam o restaurante, criam um ambiente intimista, urbano e cool.

 

A comida desperta todos os sentidos, o paladar não vai ficar indiferente. Não deve deixar de provar o ‘Gaspacho de morango com uva preta’ ou o ‘Queijo de cabra curado com espuma de melão’. O ‘Bao de porco, kimchi, spring onion e salada asiática’ é a não perder, adorei. Para finalizar a refeição, escolham a ‘Pannacota com curd de abacaxi e hortelã’, muito boa! Depois do jantar, ainda pode aproveitar para beber um copo, agora que o calor veio para ficar. Veja outros artigos Cá por Casa: 12345.

 

Restaurante Ferroviário (1) Primeira Casa da Rua_Restaurante Ferroviário Primeira Casa da Rua.jpg

Restaurante Ferroviario (9).jpg

Restaurante Ferroviario Primeira Casa da Rua (3).j

Restaurante Ferroviario Primeira Casa da Rua.jpg

 

DIY: Reutilize Cestos Metálicos

A reutilização está cada vez mais na moda e espero que venha para ficar, temos que poupar o planeta. Por isso aqui fica uma ideia diferente para colocar, neste caso está num espaço comercial, mas também pode colocar em casa, na cozinha ou num espaço para refeições mais informal e descontraído.

 

Para realizar este projeto não necessita de muitos materiais, nem tão pouco, de muito tempo para o realizar. Basta ter os cestos, um berbequim e parafusos. Limpe os cestos, perfure o fundo dos mesmos. Perfure a parede e fixe os baldes à mesma. Se optar por fixar os cestos com o martelo e não com o berbequim, veja aqui uma sugestão que para não danificar o estuque. Certifique-se de que a parede suporta o peso dos cestos que pretende utilizar e defina previamente o local exato onde pretende cada um deles.

 

E porque estamos a falar de reutilização, aqui ficam mais algumas sugestões para que a reutilização esteja sempre presente na sua vida: 12345.

 

Primeira Casa da Rua 1.jpg

 

Design: Fora de Casa #024

Cada vez mais, a arte urbana está nas ruas de inúmeras cidades espalhadas por todo o mundo. Artistas e designers são convidados para intervir na malha urbana, que cada vez é mais complexa.

 

Taiwan não foi exceção, o edifício CMP Block tem uma instalação de arte, onde dois carros são engolidos pela natureza. Esta instalação, mostra-nos o metal, um material mais frio, a ser absorvido pela natureza. Quase que parece que existe uma simbiose perfeita entre os dois elementos.

A arte urbana para além de dar uma "cor" diferente às cidades, também pretende passas uma mensagem para o seu público. Esta instalação não foi exceção, cada um de nós é livre para interpretar a peça e a sua mensagem. Será que existe uma simbiose entre aquilo que é produzido pelo homem e a natureza?

 

Aproveite para ver ou rever, algumas das instalações que já postamos em "Fora de Casa": 12345.

 

Primeira Casa da Rua 1.jpeg

Primeira Casa da Rua.jpg

 

Arrumar: Dentro do Armário #043

Uma das maiores dores de cabeça de todos nós é a arrumação das gavetas onde estão as caixas e recipientes para conservar e preparar os alimentos. Aqui tem um boa solução para que a gaveta esteja sempre arrumada e com todas as caixas sempre à mão.

 

Em primeiro lugar, separe as caixas de vidro, das caixas de plástico, se possível, reserve uma gaveta para cada um destes conjuntos. Depois de separadas as caixas, verifique se todas têm as respetivas tampas. As que não têm as tampas, dê-lhes outras utilidades, nomeadamente podem ser recipientes para mexer alimentos antes de cozinhar.

 

Em cada uma das gavetas, coloque divisórias, que podem ser, por exemplo, capas arquivadoras cortadas, em altura, para que caibam na gaveta, ou pode procurar no mercado divisórias próprias para colocar nas gavetas. Coloque as caixas sem tampa numa zona, arrume as mais pequenas dentro das caixas maiores, assim vão estar sempre todas as caixas à mão. Nas divisórias, coloque todas as tampas, em cada divisórias as respetivas tampas de cada conjuntos organizadas tal como os conjuntos de caixas 

 

 Aproveite e veja outras ideias para os seus armários lá de casa: 12345.

 

Primeira Casa da Rua 1.jpg