Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Cá por Casa #061... E se Lisboa tremesse agora?

O meu trabalho está ligado à parte estética das nossas casas, apartamentos, edifícios, mas no entanto, um tema ao qual sempre fui muito sensível e preocupado são os sismos ou tremores de terra. E por isso mesmo vou dar inicio a alguns artigos periódicos a falar sobre este tema, sempre com a supervisão da minha grande amiga e especialista na matéria Mónica Amaral Ferreira, investigadora do Instituto Superior Técnico.

 

5ce3b06854.jpg

 

E para começar de uma forma mais pedagógica recomendo vivamente a exposição “Quando Lisboa treme - de 1755 à Cidade Resiliente”, que é inaugurada dia 1 de novembro, às 16h00, no Museu de Lisboa/Pavilhão Preto. Esta exposição visa assinalar os 260 anos desta catástrofe natural, é o pretexto para promover um maior conhecimento sobre as características associadas aos perigos e riscos dos fenómenos sísmicos e sobre as respostas na atualidade. A exposição está patente até 1 de março de 2016, com visitas guiadas para escolas e público interessado. Eu não vou perder!

 

Veja outros artigos Cá por Casa: 1, 2, 3, 4, 5.

 

 

BUH!

Porque é que o título deste post é simplesmente BUH, som que emitimos quando pretendemos assustar alguém? A resposta é muito simples, amanhã é noite de Halloween. Bem sei que é uma tradição anglo-saxónica que veio para a Europa, em especial para Portugal, mas como me parece uma importação que não faz mal a ninguém sou super a favor. Permite que todos, desde os mais pequenos aos adultos, se divirtam. Deixo aqui algumas sugestões para decorar a festa de amanhã, basta clicar nas fórmulas para descobrir como fazer cada uma destas ideias. Divirta-se muito!

 

Aproveite para saber mais sobre esta festa, quando nasceu e porquê, basta clicar aqui.

17543188_QlnJy.png

 --------------------------------------------------------------

17542820_6Kq8O.png

 --------------------------------------------------------------

 

17556061_SI9lm.png

 ---------------------------------------------------------------

17559785_w8zNz.png

 

----------------------------------------------------------------

17553645_DQuEw.png

Como conjugar várias cores?

Uma pergunta que me fazem muitas vezes, seja por email ou pessoalmente é perceber se há regras para conjugar várias cores na decoração de uma divisão ou espaço. A resposta é afirmativa e já publiquei sobre o tema, por isso, deixo aqui o link onde pode ficar a saber tudo sobre esta temática.

 

Veja algumas ideias coloridas lá para casa: 1, 2, 3, 4, 5.

 

www.primeiracasadarua.com.jpeg

Palavras para Quê? #226

Neste Outono/Inverno não tenha medo e aposte na cor, se gostar claro! Aquela regra que nas estações mais frias do ano temos que utilizar cores como o castanho, bordeaux ou mais vulgarmente conhecida, cor de vinho e que nas estações mais quentes se devem utilizar cores como o amarelo ou laranja, já era! Hoje em dia deve-se utilizar as cores que gostamos independentemente da época do ano, basta que a palete de cores que escolhemos possa estar presente no estilo e composição que pretendemos criar. Torne a sua vida ainda mais colorida!

 

Veja outras ideias muito coloridas: 1, 2, 3, 4, 5.

 

FullSizeRender.jpg

Estamos quase no ar na Sic Mulher!

O Faz Sentido está quase no ar, na Sic Mulher, começa às 17.30. Hoje podemos dizer que no poupar está o ganho! Vamos dar algumas dicas para criar alguns objetos a custo zero ou quase a custo zero. Não perca mais alguns momentos de informação e de muita diversão!

 

Aproveite para ver ou rever os vídeos de algumas das nossas rubricas no Faz Sentido: 1, 2, 3, 4, 5.

 

Ana Rita Clara e Nuno Matos Cabral.jpg

Lego @ddicted

Ideias e sugestões para criar novas telas lá para casa são sempre bem vindas. As peças do nosso tão conhecido Lego são sempre ingredientes para fórmulas que podem sempre ser escolhas acertadas.

Formula.pngAntes de iniciar a aplicação das peças na tela defina que desenho pretende criar. Deve fixar a primeira camada de peças na tela com a ajuda da pistola de cola quente. As outras peças, basta encaixar atendendo às cores e o efeito que pretende criar na tela.

 

Um apontamento que pode colocar em qualquer divisão e recanto na casa. Aproveite para ver aqui algumas soluções diferentes para fixar vários quadros numa só parede.

 

Veja outras soluções para criar as suas próprias obras de arte:  1, 2, 3, 4, 5.

 

FullSizeRender (1).jpg

Palavras para Quê? #225

Todos nós sabemos o que é uma mesa de apoio. Objeto decorativo, normalmente, com quatro pés ou um central, com um tampo que pode ser em madeira, vidro, mármore ou outro material e pode ter várias formas geométricas, podem ser quadradas, retangulares, octogonais, entre outras. Essa era a definição normal de uma mesa de apoio, hoje já não é bem assim, cada vez mais existem outras possibilidade, que não são as mesas tradicionais, para criar ambientes diferentes onde estas peças de mobiliário podem dar um toque mais personalizado e exclusivo.

 

As malas de viagem ou arcas, que por si só, já são verdadeiras peças decorativas junto a um sofá pode ser o complemento perfeito. Por isso, se tiver malas de viagem antigas na arrecadação coloque-as bem à vista como mesas de apoio na sala de estar ou porque não, no quarto, como mesas de cabeceira.

 

Veja outras soluções para a mesa de apoio lá de casa: 1, 2, 3, 4, 5.

 

FullSizeRender (2).jpg

FullSizeRender (1).jpg

Palavras para Quê? #224

Sou fã de tinta ardósia, então aplicada em peças de mobiliário antigo, ainda pode ser uma fórmula mais perfeita. Esta foto que descobri na internet é um bom exemplo de como se pode recuperar peças de mobiliário com um toque diferente, arrojado e mais contemporâneo. Como uma das características da tinta ardósia, tal como o nome indica, é transformar o móvel num verdadeiro quadro como os quadros das antigas escolas, há que aproveitar esta tela em preto, dar asas à criatividade e criar verdadeiras obras de arte para colocar em qualquer divisão da casa. Divirta-se!

 

Veja outras soluções com tinta ardósia: 1, 2, 3, 4, 5.

 

tumblr_m61ooo3NPw1r7q42co2_500.jpg

 

Pág. 1/7