Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Arrumação: Armário da Casa de Banho

Arrumar é uma preocupação de todos nós, especialmente, quando temos uma casa pequena. A casa de banho não é exceção, por vezes até temos um apartamento com boas áreas, mas a casa de banho deixa muito a desejar, por isso mesmo, aqui ficam algumas dicas para que o seu armário da casa de banho esteja sempre arrumado e tenha sempre à mão aquilo que necessita.

A primeira regra é ter algumas caixas que podem ser de diferentes materiais e colocar cada uma delas estrategicamente nas prateleiras. Escolha caixas com tampa para colocar aqueles produtos que não quer que estejam à vista. As caixas transparentes ou em rede metálica são ótimas escolhas porque assim consegue ver sempre os produtos que estão em cada uma das caixas. Se optar por caixas opacas coloque etiquetas em cada uma delas para saber sempre o que têm no seu interior.

Nas prateleiras superiores coloque os produtos que não utilizam com tanta frequência, nas prateleiras do meio, as que consegue aceder mais facilmente, coloque tudo o que necessita diariamente e nas prateleiras inferiores coloque os objetos mais pesados, como por exemplo, o secador de cabelo.

Procure colocar os produtos organizados por género, por exemplo os vários frascos de gel de banho ou shampoo numa mesma caixa, para saber sempre onde está.

Aproveite e veja outras ideias para os seus armários lá de casa: 12345.

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.JPG

Novidades: A preparar a nova Primeira Casa da Rua

Nas nossas redes sociais, (Facebook, Instagram e Youtube) já não é novidade, há já algumas semanas que vimos a anunciar que a nova casa na Aroeira também vai ser a nova casa da Primeira Casa da Rua. E porque a mudança de casa é sempre um bom começo para novos projetos, vamos avançar com vários blocos de vídeos com temáticas especificas, daí o nosso moto para esta nova fase: Casa Nova, Vida Nova.

Posso adiantar que o primeiro bloco a arrancar vai ser ainda em setembro com o nome, "Guru do Design". Vamos mostar a casa de algumas caras conhecidas onde pode encontrar algumas ideias que pode replicar em casa para que tenha uma decoração cheia de personalidade.

Aqui fica o testemunho dos testes de imagem e som que andámos a fazer, testes importantes para que tudo esteja pronto quando dermos inicio às gravações. 

 

Nuno Matos Cabral em casa (2).jpg

DIY com Assinatura: Novo Móvel TV em 5 minutos

Ando à procura de uma solução para o móvel Tv da casa nova e acho que descobri uma excelente ideia, não sei se vamos fazer esta ideia cá em casa, mas acho uma boa ideia para quem tem pouco tempo e quer um móvel tv original.

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.png

Esta é uma fórmula simples. Basta dois escadotes com dois degraus, duas tábuas de madeira branca ou em pinho, uma aparafusadora e vários parafusos. As tábuas devem ter a espessura suficiente para suportar o peso da televisão e de outros objetos que queira colocar no móvel. Não se esqueça de utilizar os artigos de seguraça enquanto está a realizar o projeto.

Depois de definida a dimensão do móvel, que não aconselho que seja muito largo para que as tábuas não fiquem curvadas, coloque os escadotes paralelos entre eles, cada uma das tábuas em cima do respetivo degrau e aparafuse-as. Se não quiser ter os parafusos à vista procure numa loja especializada em bricolage uma massa ou tinta para tapar a cabeça dos parafusos.

Depois do móvel pronto basta colocá-lo no respetivo lugar e decorar a seu gosto, tendo em conta a linguagem da divisão onde vai ficar integrado. Sinta-se em casa!

 

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.jpg

DIY Com Assinatura: Mesa de Jantar

A tendência para 2020 e para os anos que aí vêm é cada vez mais dar atenção à casa, criar ambientes muito confortáveis, mas também criar muitos projetos de bricolage. Na Primeira Casa da Rua somos os primeiros a defender a reciclagem, a reutilização e a recuperação de tudo o que seja possível para colocarmos na decoração da casa. Os 3 erres estão mais do que nunca em voga, não só porque é importante para a sustentabilidade do planeta, mas também porque economicamente o mundo está a atravessar um período, no mínimo, menos bom.

Para quem não tem muito jeito com o bricolage ou não se sente familiarizado pode começar por projetos mais simples ou pedir ajuda a algum membro da família. Para quem já tem mais alguma destreza, aqui fica uma sugestão, uma mesa de refeições feita com uma porta e os pés em ferro de uma mesa que tinha um tampo de vidro e que se partiu.

Para realizar este projeto só tem que limpar a porta, lixar e pintar com uma cor que se adeque à decoração de sua casa ou deixar com a tinta antiga, para dar um toque mais industrial. Junte os pé ao tampo com umas braçadeiras, caso os pés não tenham zonas próprias para fizer. Tem a mesa ideal para criar um ambiente mais eclético e divertido na sala de jantar.

Aqui ficam mais alguns projetos que pode replicar para dar um toque diferente à decoração de sua casa: 1234, 5.

 

 

Talk: No Campus Party

No passado sábado, dia 11, participei no Campus Party um evento que aconteceu em 31 países, em simultâneo, e onde pude falar para esses mesmos 31 países. Que privilégio falar para um publico de mais de 400 000 pessoas em todos os continentes.

Obrigado pelo convite, Organização do Campus Party Portugal, Romana Ibrahim e Cláudia Mendes Silva, Embaixadoras Women in Tech Portugal. Estive à conversa no palco Joy of Life com a Cláudia Mendes Silva. Conversámos sobre a reflexão que no atelier Nuno Matos Cabral Design Studio temos feito sobre a Casa Pós Covid, como vai ser a Casa Pós Covid e como vamos viver essa mesma casa? A importância da sustentabilidade, tema que me é muito querido de há muitos anos para cá e da tecnologia dentro de casa, também fizeram parte da nossa conversa.

Novas tendências e formas de viver a casa vão surgir e transformar o modo como vemos o espaço onde passamos grande parte da nossa vida. Se quiser saber mais sobre o tema leia aqui o artigo publicado na Primeira Casa da Rua ou veja a nossa conversa no Campus Party aqui, que começa ao minuto 33 do vídeo.

Aproveite e descubra aqui algumas dicas para transformar o seu espaço de trabalho num espaço mais simpático e agradável.

 

Nuno Matos Cabral @ Campus Party.png

 

Design: Espaços para quem está em tele-trabalho

Agora que o tele-trabalho está cada vez mais na ordem do dia, surge cada vez mais a necessidade de arranjar o espaço ideal para trabalhar em casa. Mesmo que não exista um escritório na sua casa e o espaço não seja abundante, não desespere, existem inúmeras ideias que podem ajudar a ter um espaço agradável, mesmo dentro da sala de estar, da sala de jantar ou do quarto.

Pode optar por colocar numa parede vazia da sala um armário onde fica toda a sua documentação e o computador. Quando chegar a hora de terminar basta fechar o armário e tudo fica guardado nesse espaço até ao próximo dia de trabalho. Também pode escolher uma peça assinada por um designer que pode integrar em qualquer divisão, quando terminar o dia de trabalho basta fechar o computador, colocar a papelada nas gavetas e fica com a secretária arrumada.

Um canto de uma divisão também pode ser um espaço aproveitado para trabalhar. Para que o espaço fique mais divertido coloque algumas peças decorativas na secretária e nas paredes. Também pode pensar em aproveitar um espaço do móvel da TV para colocar tudo o que necessita para trabalhar ou aquele móvel de TV que está arrumado na arrecadação pode ganhar nova vida e ser transformado numa nova secretária com tudo o que necessita.

Não faltam soluções para que o espaço de trabalho seja um espaço completo, com tudo o que necessita para trabalhar de uma forma descontraída.

Descubra mais algumas sugestões para personalizar a zona de trabalho: 1, 2, 3, 4, 5.

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral 8.jpg

 

Guru do Design: Em casa de Jessica Alba

A revista AD norte americana entrou em casa de Jessica Alba, a conhecida atriz que entrou em filmes como Fantastic 4 ou Sin City, e a Primeira Casa da Rua publica algumas das fotos desta moradia situada num desfiladeiro na cidade de Los Angeles.

Uma moradia onde decidiram fazer algumas obras, que pensavam ser realizadas rapidamente, mas não foi bem assim. Já depois de lá morarem ainda faltam algumas pinturas, Jessica Alba diz que esta quase que parece uma obra interminável.

Jessica Alba apostou numa decoração clássica, onde as madeiras e os tecidos naturais predominam. O mobiliário de grandes dimensões cria uma amplitude e conforto às divisões que são bastantes amplas. As flores frescas são um dos adereços que não faltam em nenhuma das divisões da casa de Jessica Alba.

Descubra a casa de outras celebridades tais como, Sarah Jessica Parker, Taylor Swift ou Beyoncé, na secção Interiores.

 

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

Eco Design: Bricolage com Assinatura

Cada vez mais o Bricolage já não é só fazer a tradicional boneca de trapos ou a bicicleta transformada numa bancada de casa de banho. Atualmente o bricolage é muito mais do que isso, são verdadeiras peças de design com assinatura.

Nós, os designers, cada vez mais, estamos a dar atenção a esta atividade que desde sempre foi esquecida ou colocada em segundo plano e o meu atelier, Nuno Matos Cabral Design Studio, não é exceção. Estamos sempre atentos a projetos que possam ser realizados em casa, por cada um dos seus habitantes sem necessitarem da ajuda de terceiros. O bricolage não é inimigo dos designers, bem pelo contrário, pode ser um aliado. Por vezes pode servir de inspiração para a criação de novos conceitos e novas peças, mas também, pode ser um mero complemento a verdadeiras peças icónicas. 

Esta é uma das primeiras peças a destacar, que pode replicar em casa sem ter que recorrer à ajuda de terceiros. Um suporte para vasos ao estilo Boho Chic. Um tronco de madeira seco, quatro ou cinco composições de macramé, se não tiver nenhum nó favorito aposte em tranças com cordas coloridas. Escolha alguns vasos que já há muito estavam guardados com as suas plantas favoritas e argolas metálicas para fixar os vasos ao tronco.

E já está, aqui tem a primeira peça de design que vai complementar a decoração do seu espaço. Esta é uma peça adequada para um espaço onde os brancos, as madeiras e as plantas são o mote para uma composição onde a natureza está em perfeita harmonia com o espaço.

Descubra outras peças que pode fazer com as suas próprias mãos: 1, 2, 3, 4, 5.

 

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.JPG

 

Media: Na Antena 1

Na passada semana estive à conversa com a Jornalista Eduarda Maio no programa Que Vida é a Nossa? da Antena 1. O tema da conversa: Como vai ser a casa pós COVID? Um assunto que merece a reflexão de todos, inclusive de designers nas várias áreas. No atelier Nuno Matos Cabral Design Studio não fomos exceção e também refletimos sobre o tema.

Para ouvir a totalidade da entrevista clique aqui. Uma entrevista onde ficam algumas pistas de como vai ser a casa pós COVID, como vamos viver as várias divisões e espaços das nossas casas. Também pode ler o artigo da Primeira Casa da Rua que serviu de mote à nossa conversa, para isso basta clicar aqui.

Nuno Matos Cabral @ Antena 1.png

 

Design: A casa pós COVID-19

Nesta altura o tempo dá-nos tempo para pensar em temas que vão estar em cima da mesa nos próximos tempos. Por exemplo, como vai ser a casa depois do COVID 19?

Durante o período de confinamento já começámos a viver a casa de uma maneira diferente. Estamos a dar mais uso a divisões que não eram utilizadas e a atribuir novas funcionalidades àquelas divisões que normalmente só tinham uma função. A sala de jantar, hoje, já não é só a sala de jantar, mas também pode ser a escola, durante o período de aulas, e à noite, a zona de trabalho do pai, da mãe ou de ambos. A sala de estar pode ser o ginásio dos adultos no período da manhã e à tarde o ginásio dos mais pequeninos. Vamos ter espaços mais abertos e informais onde vamos procurar ter uma decoração mais informal, descontraída e com facilidade de ser alterada em poucos minutos. Peças de mobiliário mais leves, de fácil arrumação e algumas, até com rodas, para que tudo possa ser movimentado com o maior conforto e rapidez.

Devido ao confinamento muitas pessoas necessitaram de espaços para estarem sozinhas, num momento de puro prazer individual, já que tantas horas e dias confinados com toda a família permitem picos de tensão e stress. A criação desses espaços, vão-se manter mesmo depois do COVID-19 e mesmo em divisões onde o espaço não é abundante. Algumas plantas em vários níveis de altura podem ser a solução para que possa ter aquele cantinho para descansar e para separar este espaço da outra zona da divisão.

Primeira Casa da Rua 1.jpg

A casa vai ficar mais inteligente para um maior numero de pessoas, com a utilização massiva da domótica. Há muito que explorar para que a casa esteja protegida da contaminação, cada vez mais instruções para que tudo ou quase tudo possa funcionar com ordem de voz, talvez até possamos vir a ter um controlador de temperatura à porta ou um kit de higienização automática na entrada de casa.

Um hábito cultural, há muito praticado na Ásia, chegou ao mundo ocidental e veio para ficar. Os sapatos deixados à entrada de casa, seja na própria ou na casa de amigos ou família vai ser uma pratica reiterada, em todos os estilos de casas. Nós, designers vamos ter que pensar em formas visualmente apelativas para termos todos os sapatos à entrada, sem parecer que estamos perante uma exposição de sapatos.

Primeira Casa da Rua4.jpg

Outro hábito que vai fazer cada vez mais parte da vivência da casa é a criação de hortas. As hortas vão fazer parte dos jardins, quintais, terraços, varandas ou até mesmo do interior das casas, para onde já existem soluções perfeitas. Para quem não tem espaço, as hortas verticais vão ser a solução. Cada vez mais devemos ser auto-suficientes em tudo o que for possível. Plantas em casa também vão fazer cada vez mais parte da decoração de todas as divisões, criando uma sensação de contacto com a natureza mais próximo, humanizando cada vez mais os espaços.

Primeira Casa da Rua 5.jpg

Estes são alguns dos elementos ou hábitos que já mudaram em 2 meses e que vieram para ficar. Há outros hábitos e vivencias que se vão alterar. Só com o tempo vamos perceber aquilo que cada um de nós necessita e que pretende colocar dentro de casa. O caminho faz-se caminhando e é isso que devemos fazer, viver a vida, viver a casa que sempre foi, é e será sempre tão importante.

www.nunomatoscabral.com