Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Cá por Casa: Em Vila Viçosa

Há mais de 25 anos que não visitava Vila Viçosa, mas graças ao convite do Alentejo Marmòris, regressei ao passado em Vila Viçosa, sitio de que tenho ótimas recordações.

 

Lembro-me de visitar a Vila com os meus pais e de trazer muitas e boas lembranças, que ficaram guardadas para sempre, especialmente, lembro-me de visitar o Palácio Ducal. Porque fomos em circunstâncias especiais, visitámos cantos e recantos que na altura não estavam disponíveis a todos os visitantes. Para uma criança como eu, toda aquela experiência ficou guardada para sempre, de alguma maneira, talvez de uma forma mais romanceada, mas é uma história que ficou guardada.

 

Depois de mais de 25 anos, lá estava eu novamente, a ser recebido no Alentejo Marmòris Hotel&Spa***** (membro da cadeia Small Luxury Hotels of the World), para estar presente na inauguração de um espaço privilegiado para eventos, a Pedreira d’El Rey, em Bencatel, Vila Viçosa. Uma das pedreiras de mármore mais antigas da região, uma pedreira tão imponente quanto o cenário em que se insere.


Mas a novidade mais original, foi a construção de uma plataforma suspensa, em vidro, com capacidade para 50 pessoas. No seio desta nova atração turística é agora possível, ainda, servir jantares (todos os eventos estão sujeitos a marcação prévia), até no máximo de 20 pessoas sentadas, orientados pelo Chef do hotel, Pedro Mendes.

 

No evento de inauguração a comida não faltou, provámos queijos e enchidos alentejanos com sabor a tradição e qualidade. Entretanto, a plataforma iluminada estava lá ao fundo e no alto, criando um cenário memorável para o concerto que a fadista Ana Moura realizou para todos os convidados do Hotel. Foi uma noite especial, cheia de coisas muito boas, vou voltar!

 

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.jpg

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral (2).jpg

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral (3).jpg

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral (4).jpg

 

Cá por Casa: Jantar com vista para o Tejo

A grande novidade da rentrée é o restaurante FERROVIÁRIO, um espaço com 50 lugares sentados num terraço com vista sobre o Tejo, a carta é assinada pelo chef Vítor Hugo, também chef executivo do Peixola. Já lá jantei e é um espaço a não perder. Quanto à decoração, os materiais naturais, tais como a palhinha ou o sisal misturam-se com os algodões das toalhas de mesa e das almofadas, que pode encontrar nos sofás feitos com pinho nórdico. O camuflado a cobrir o espaço, os candeeiros em palhinha e as plantas que rodeiam o restaurante, criam um ambiente intimista, urbano e cool.

 

A comida desperta todos os sentidos, o paladar não vai ficar indiferente. Não deve deixar de provar o ‘Gaspacho de morango com uva preta’ ou o ‘Queijo de cabra curado com espuma de melão’. O ‘Bao de porco, kimchi, spring onion e salada asiática’ é a não perder, adorei. Para finalizar a refeição, escolham a ‘Pannacota com curd de abacaxi e hortelã’, muito boa! Depois do jantar, ainda pode aproveitar para beber um copo, agora que o calor veio para ficar. Veja outros artigos Cá por Casa: 12345.

 

Restaurante Ferroviário (1) Primeira Casa da Rua_Restaurante Ferroviário Primeira Casa da Rua.jpg

Restaurante Ferroviario (9).jpg

Restaurante Ferroviario Primeira Casa da Rua (3).j

Restaurante Ferroviario Primeira Casa da Rua.jpg

 

Televisão: No Canal Panda

A convite do Canal Panda, estive a gravar no sábado passado, para o programa Pandamania. Fui fazer alguns projetos, para que os mais pequeninos possam replicar em casa, tendo sempre em conta a reciclagem, a reutilização e a recuperação. E o programa de dia 17 vai ser muito especial, vamos dar algumas dicas para que os mais pequenos possam surpreender os pais com presentes originais, fáceis de fazer e muito económicos.

 

Os programas vão para o ar, no dia 10 e 17 de Março, não percam. Foi muito divertido, conhecer toda a equipa, e claro está, conhecer o Panda!

 

Nuno Matos Cabral no Canal Panda.jpg

 

Cá por Casa! #084 - Lígia Casanova

Adoro descobrir novas lojas para comprar presentes de natal. Este ano, ainda vou a tempo de passar pela nova loja da designer Lígia Casanova. Um espaço muito pequeno, com apenas 15 m2, mas cheio de ótimos presentes para oferecer. Pode encontrar a coleção Raw, onde os materiais naturais misturados com um toque industrial dão o mote à coleção, bem como, pode encontrar algumas das peças da coleção White Christmas de 2017, mas com um novo nome, A Magical Christmas. Por isso, se não tem ideias para as suas compras de Natal, já não tem desculpas, visite a loja Lígia Casanova, na Rua das Praças, nº78 /nº82, de quarta a sábado, das 13h às 20h.

 

Mas ainda tem outro bom motivo para visitar a loja, porque a montra e a própria loja são espaços pop-up, por isso o inesperado pode acontecer. Todos os meses vai poder encontrar na montra, novos ambientes criados pelo Atelier, que pretendem revelar um mundo de criatividade e boas ideias, a levar para casa.

 

Loja 001.jpg

Loja 009.jpg

Loja 005.jpg

 

Cá por Casa! #083 - Restaurante Peixola

Uma boa notícia, o restaurante Peixola, na Rua do Alecrim, vai passar a estar aberto aos almoços, apenas nos fins de semana. Com novas receitas do chef Vitor Hugo, que já passou pelo 100 Maneiras e Eleven, dá asas à imaginação e propõe menus especiais, fora da carta, elaborados com o melhor e mais fresco peixe que encontra no mercado. O chef valoriza os produtos e receituários portugueses, sempre com o “twist” Peixola, que já lhe é característico.

 

Para além destes pratos, exclusivos dos fins de semana, a carta Peixola é rica em pratos inovadores onde se destacam as mais diversas iguarias do mar. Das ostras, ao ceviche, passando pelo famoso “Bitoque de atum”, a garoupa, o salmão, o polvo ou o camarão, o difícil é escolher.

 

Quanto à decoração, o Peixola tem o melhor dos dois mundos, a utilização de materias mais frios, tal como o material do bar ou do pavimento, contrastam com o conforto das cadeiras e a iluminação mais intimista. Um espaço onde os interiores funcionam na perfeição, criando um espaço urbano e sofisticado.

 

Um espaço original, onde almoça no balcão do restaurante, que lhe permite ver a azáfama da cozinha, que é um privilégio. Os pratos são fantásticos em todos os sentidos. O empratamento, uma delicia, especialmente para mim, que sou um esteta, as cores, fantásticas, e os sabores, despertam novas sensações, por isso, não podem perder, nós cá por casa, adorámos!

 

#peixola_restaurante

novidade-onde-vamos-jantar-restaurante-peixola-chi

Será a Felicidade um Pedaço do Céu?

Será que a felicidade é um pedaço do céu? Até agora não conseguia responder a esta pergunta, mas depois de descobrir a artista plástica Maria Beatitude, seguidora do Instagram da Primeira Casa da Rua, já posso dizer que sim. Conheci a obra, "A Parte e o Todo - Pedaço do Céu", uma pintura a óleo concebida como um todo, que foi, posteriormente dividida. Claro está, que decidi ficar com um dos pedaços do céu.  

 unnamed (1).png

 

São trinta e seis pedaços de céu, ou seja, trinta e seis telas, onde ecoam palavras que definem as mais variadas emoções, sentimentos ou ações que o ser humano pode revelar ou despertar, para nos levar até à felicidade. São obras que pode colocar em qualquer género de decoração, afinal de contas, estamos a falar de arte.

 

21120391_tHpwn (2).png

 

A obra que vai ficar cá por casa tem a palavra "Quietude", e efetivamente a primeira sensação ao olhar para a obra, é uma sensação de calma, de tranquilidade, que me consegue colocar num estado de pura felicidade. Não podia ser melhor a sensação, afinal a felicidade não é mais do que pequenos momentos que vivemos, e eu, sou um privilegiado, porque todos os dias, vou poder olhar para o meu pedaço de céu e ser feliz!

 

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.png

 

Cá por Casa! #082 - Lisboa

Hoje, continua um calor que não se aguenta, mas não deixa de ser fim de semana, por isso há que aproveitar para sair de casa. Como a praia, não é opção, porque está calor demais, está na hora de aproveitar uma esplanada/terraço em Lisboa. Protegido do sol, vou aproveitar para beber uma limonada estupidamente gelada ou um chá gelado e desfrutar da vista magnifica que a nossa cidade nos proporciona. Existem inúmeras terraços, com os mais variados ângulos da cidade, na realidade o mais difícil é escolher. Tenham um domingo fantástico!

 

Descubra outros artigos Cá por Casa: 12345.

 

Nuno Matos Cabral.jpg

Parabéns Mamã!

Esta semana foi o aniversário de uma das pessoas mais importantes da minha vida, a minha mãe, mais propriamente no dia 26 de Outubro. Fez uma idade linda, ointenta anos, imaginem, a experiência e o que já viveu. É um privilégio tudo o que posso aprender. Apesar de não vivermos na mesma casa, todos os dias falamos ao telefone, mais que não seja para mandar aquele beijo especial. És a melhor mãe do mundo... és a minha... Amo-te!

 

Pequeno Poema

Quando eu nasci, 
ficou tudo como estava. 

Nem homens cortaram veias, 
nem o Sol escureceu, 
nem houve estrelas a mais... 
Somente, 
esquecida das dores, 
a minha Mãe sorriu e agradeceu. 

Quando eu nasci, 
não houve nada de novo 
senão eu. 

As nuvens não se espantaram, 
não enlouqueceu ninguém... 

Pra que o dia fosse enorme, 
bastava 
toda a ternura que olhava 
nos olhos de minha Mãe... 

Sebastião da Gama, in 'Antologia Poética' 

 

Guilhermina Matos Cabral e Nuno Matos Cabral.jpg

Guilhermina Matos Cabral e Nuno Matos Cabral (2).j

Guilhermina Matos Cabral e Nuno Matos Cabral (3).j

Cá por Casa #077

Hoje está um dia muito convidativo para ficar por casa. Por isso mesmo, é um bom dia para organizar algumas coisas cá por casa e aproveitar para ver ou rever aquele filme ou série que já há muito está guardado na estante dos Dvd's. E o filme para hoje é... o filme de ficção, "O Primeiro Encontro", com a atriz Amy Adams e o ator Jeremmy Renner. Aproveitem para ver o trailler, para isso basta clicarem aqui.

 

Veja outros artigos Cá por Casa: 1, 2, 3, 4, 5.

 

Cá por Casa #076

Graças a um novo produto UHU para as canalizações, hoje cá por casa, um problema que podia ser gigantesco transformou-se num problema de uns simples 15 minutos. O lava loiça "decidiu" que a água não deveria passar para baixo, ou seja, estava entupido, lembrei-me do novo produto que tinha na arrecadação e que resolveu o problema, acho que em menos de 15 minutos. Adoro quando tenho produtos, cá por casa, que me facilitam a vida! 

 

Veja outros artigos Cá por Casa: 1, 2, 3, 4, 5.

 

UHU.JPG