Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Comprar Casa: Já ouviram falar na Taxa de Esforço do crédito habitação?

Sabem o que é a taxa de esforço à habitação? Eu não sabia, até agora! Depois de procurar informações sobre o crédito à habitação, aprendi imenso, nomeadamente, o que é a taxa de esforço. Quem pensa comprar casa tem de começar a tratar os simuladores de crédito habitação por tu. Tem de se familiarizar também com termos como spread, TAEG, MTIC e Taxa de Esforço, eu sei que à primeira vista parece complicado, também achei, mas agora, já não é assim tão dificil de perceber, estou informado e preparado para procurar o meu novo apartamento.

O sobre-endividamento é um tema na ordem do dia, por isso devemos saber e estar atentos à taxa de esforço. Mas o que é afinal a Taxa de Esforço? Como o nome indica, esta taxa permite avaliar o esforço que cada pessoa tem de fazer para pagar todos os créditos que solicitou, representando por isso o peso que as prestações com os créditos têm no total do orçamento familiar.

Esta Taxa é particularmente importante quando se fala de crédito habitação porque é dos elementos que permitem às entidades que concedem o crédito avaliar o risco de emprestar dinheiro a alguém. Quanto maior for a Taxa de Esforço, maior será a probabilidade de haver incumprimento, o que não é bom para nenhuma das partes. O Banco de Portugal recomenda que a Taxa de Esforço não exceda os 50%, pelo que é importante ter este valor em mente quando avançar para o pedido de crédito habitação. No entanto, a maioria das instituições considera uma taxa de esforço máxima de 40%.

Para ter noção da sua Taxa de Esforço junte todos os seus encargos com o pagamento de créditos (inclua nos cálculos também o encargo mensal que irá ter com a prestação do crédito habitação) e divida pelos rendimentos mensais do seu agregado (se forem variando, faça uma média dos últimos 3 meses) e multiplique por 100. Fazendo estas contas pode facilmente perceber até que valor de prestação mensal com o crédito habitação pode ir.

Quando falamos de sustentabilidade, normalmente, associamos ao planeta, mas lembre-se, que o bom crédito também é sustentável, portanto, pense bem sobre os valores com que se vai comprometer ao comprar uma casa e tome uma decisão que lhe traga segurança para o futuro. Agora só tem que fazer contas e decidir qual a melhor casa para si!

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral 1.jpg

ARTIGO PATROCINADO

 

Passo a Passo... Na Sic Mulher #002

O mês dos Santos está aí, e é uma altura que aproveito para reunir os amigos cá em casa. Como somos alguns e as cadeiras e bancos não são suficientes, decidi criar um banco/mesa de apoio que apresentámos na SIC Mulher, no programa Faz Sentido, que pode rever aqui

 

Desafiámos o apresentador João Pedro Rodrigues a experimentar o nosso projeto, uma fórmula muito fácil de executar, que o próprio pôde comprovar.

Formula.png1. Enrole as revistas, até ficar um "tubo"; 2. Coloque o arame à volta para fixar o tubo; 3. Repita os dois primeiros passos até ter o número de revistas necessário para criar o banco/mesa; 4. Coloque todas as revistas na vertical. 5. Una o conjunto de revista com o cinto, este não deve ter os furos pré definidos para permitir uma maior flexibilidade no diâmetro do banco; 6. Com um acrílico de 50x50 cria o tampo para uma mesa de apoio. Há que ter em conta o diâmetro da base e a dimensão do tampo para que a mesa fique equilibrada.

 

Um banco ou mesa, fácil de montar e desmontar, que pode utilizar em qualquer evento lá em casa. Se pretender uma mesa definitiva para utilizar todos os dias substitui o acrilico por um tampo em vidro e coloque entre as revistas e o tampo uma ventosas para fixarem o vidro. 

 

Veja outras propostas passo a passo: 1, 2, 3, 4, 5.

 

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.JPG

unnamed (1).jpg

unnamed (2).jpg

unnamed (5).jpg

unnamed (6).jpg

unnamed (7).jpg

unnamed (8).jpg

unnamed (9).jpg

unnamed (10).jpg

Bancos com música

Normalmente todos nós sabemos que os discos são para ouvir as nossas músicas favoritas, mas não é bem assim.

Primeira Casa da Rua
Fixe o disco no tampo do banco com a ajuda de cola tudo. Como apontamento final pode colocar uma barra de outra cor nos pés da nova mesa.

 

Uma mesa de apoio que pode colocar em qualquer canto da sua casa.

 

AS MINHAS ANOTAÇÕES

 
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------//

Um banco, 2 prateleiras

Mónica Amaral F., aqui fica uma sugestão do que pode fazer com o banco que tem em casa. É uma ideia simples e rápida de fazer.

Depois de serrar o banco ao meio, pode utilizar a lixa para que a superfície cortada fique mais lisa.

Fica com um objeto mais decorativo do que funcional, mas muito divertido! :-)

Créditos: decorfeed.com

AS MINHAS ANOTAÇÕES

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------//

Um banco "solidário"

Banco reciclado com paletes num evento de responsabilidade social da Portway, organizado pela empresa Neves de Almeida, numa instituição de crianças entre os 6 e os 16.

Uma ideia simples e fácil de executar.

No evento também fizeram as almofadas, mas pode comprar ou aproveitar almofadas que tenha em casa.


Posso dizer-vos, que as crianças da instituição deliraram com o novo "sofá".



AS MINHAS ANOTAÇÕES

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------//


O skate já era...agora é uma peça de mobiliário multi-usos

Na semana passada estive num encontro de amigos, que acontece uma vez por mês.  Neste último encontro, conheci o Luís Nunes, fundador da YA!, falámos sobre a Primeira Casa da Rua, e o Luís apresentou-me um projeto, chamado Sk8ench, (skate bench), onde a reciclagem de pranchas de skate é a regra. Adorei o conceito...parabéns Luís!


Podem encontrar mais informações sobre a Sk8bench no Facebook: https://www.facebook.com/Skatebench 

AS MINHAS ANOTAÇÕES

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------//

Com um cinto e um monte de revistas advinhe o que pode fazer


O Gonçalo, um dos meus melhores amigos, faz anos, pensei inicialmente oferecer-lhe um suporte para cartas e revistas mas não achei que seria o presente ideal. Este banco ou mesa de apoio... sim!


As revistas tem que ficar muito bem enroladas e se fizer a mesa ou banco sozinho/a. Convém pedir uma ajuda aí em casa para que as revistas fiquem muito bem apertadas, depois de enrolada aperte com um cordão que deve ficar ao nível do local onde vai colocar o cinto. O cinto também tem que ficar muito bem apertado, só assim a sua mesa ou banco ganha consistência para poder ser bem utilizado.
 
é o presente prefeito...Parabéns Gonçalo! :-)




AS MINHAS ANOTAÇÕES

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------//