Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Comprar Casa: Já ouviram falar na Taxa de Esforço do crédito habitação?

Sabem o que é a taxa de esforço à habitação? Eu não sabia, até agora! Depois de procurar informações sobre o crédito à habitação, aprendi imenso, nomeadamente, o que é a taxa de esforço. Quem pensa comprar casa tem de começar a tratar os simuladores de crédito habitação por tu. Tem de se familiarizar também com termos como spread, TAEG, MTIC e Taxa de Esforço, eu sei que à primeira vista parece complicado, também achei, mas agora, já não é assim tão dificil de perceber, estou informado e preparado para procurar o meu novo apartamento.

O sobre-endividamento é um tema na ordem do dia, por isso devemos saber e estar atentos à taxa de esforço. Mas o que é afinal a Taxa de Esforço? Como o nome indica, esta taxa permite avaliar o esforço que cada pessoa tem de fazer para pagar todos os créditos que solicitou, representando por isso o peso que as prestações com os créditos têm no total do orçamento familiar.

Esta Taxa é particularmente importante quando se fala de crédito habitação porque é dos elementos que permitem às entidades que concedem o crédito avaliar o risco de emprestar dinheiro a alguém. Quanto maior for a Taxa de Esforço, maior será a probabilidade de haver incumprimento, o que não é bom para nenhuma das partes. O Banco de Portugal recomenda que a Taxa de Esforço não exceda os 50%, pelo que é importante ter este valor em mente quando avançar para o pedido de crédito habitação. No entanto, a maioria das instituições considera uma taxa de esforço máxima de 40%.

Para ter noção da sua Taxa de Esforço junte todos os seus encargos com o pagamento de créditos (inclua nos cálculos também o encargo mensal que irá ter com a prestação do crédito habitação) e divida pelos rendimentos mensais do seu agregado (se forem variando, faça uma média dos últimos 3 meses) e multiplique por 100. Fazendo estas contas pode facilmente perceber até que valor de prestação mensal com o crédito habitação pode ir.

Quando falamos de sustentabilidade, normalmente, associamos ao planeta, mas lembre-se, que o bom crédito também é sustentável, portanto, pense bem sobre os valores com que se vai comprometer ao comprar uma casa e tome uma decisão que lhe traga segurança para o futuro. Agora só tem que fazer contas e decidir qual a melhor casa para si!

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral 1.jpg

ARTIGO PATROCINADO