Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Adeus 2018!

Hoje, 31 de dezembro de 2018, é altura de fazer um apanhado geral do ano que está a terminar. A nível pessoal, posso dizer-vos que tenho o coração cheio de amor e carinho, com a minha cara metade ao meu lado, com a família, e os amigos sempre por perto, e sempre, a apoiarem-me em todas as minhas escolhas, quer pessoais, quer profissionais.

 

E por falar em escolhas profissionais, o ano de 2018 foi bastante preenchido, a colaboração com a Sic Mulher, com o Sapo.pt, e com os centro comerciais Alegro, continuaram de vento em popa. Fui embaixador da Feira do Artesanato Português, em conjunto, com a artista Joana Vasconcelos, o designer Nuno Gama e Filipe Faísca, bem como júri do prémio Lisbon Design Show, uma experiência muito interessante, do qual me orgulho ter feito parte. Quanto ao futuro, tenho inúmeras ideias na cabeça, projetos que vão sair do papel e passar para a realidade, mas o mais importante é estar de bem comigo e com os outros, acima de tudo, estar feliz comigo próprio e com os que me rodeiam. 

 

Não temos uma bola mágica para saber como vai correr o ano, mas uma coisa é garantida, eu, vou estar de coração iluminado, braços abertos e de sorriso nos lábios, para receber 2019.

 

Desejo-vos um ano com muita saúde, amor, paz e cheio de boas surpresas, junto daqueles que mais amam. Que todos os desejos sejam concretizados, e que a Primeira Casa da Rua faça parte das vossas vidas. O pensamento para este final de ano é, tudo parece impossível até acontecer, uma frase dita por Nelson Mandela, e a frase favorita da minha cara metade, a qual subscrevo inteiramente.

Nuno Matos Cabral Design Studio ALTA.jpg

2 comentários

Comentar post