Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN, DECORAÇÃO OU FAÇA VOCÊ MESMO, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Guru do Design: Em casa de Jessica Alba

A revista AD norte americana entrou em casa de Jessica Alba, a conhecida atriz que entrou em filmes como Fantastic 4 ou Sin City, e a Primeira Casa da Rua publica algumas das fotos desta moradia situada num desfiladeiro na cidade de Los Angeles.

Uma moradia onde decidiram fazer algumas obras, que pensavam ser realizadas rapidamente, mas não foi bem assim. Já depois de lá morarem ainda faltam algumas pinturas, Jessica Alba diz que esta quase que parece uma obra interminável.

Jessica Alba apostou numa decoração clássica, onde as madeiras e os tecidos naturais predominam. O mobiliário de grandes dimensões cria uma amplitude e conforto às divisões que são bastantes amplas. As flores frescas são um dos adereços que não faltam em nenhuma das divisões da casa de Jessica Alba.

Descubra a casa de outras celebridades tais como, Sarah Jessica Parker, Taylor Swift ou Beyoncé, na secção Interiores.

 

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

AD_Jessica Alba_Primeira Casa da Rua by Nuno Matos

Media: Na Antena 1

Na passada semana estive à conversa com a Jornalista Eduarda Maio no programa Que Vida é a Nossa? da Antena 1. O tema da conversa: Como vai ser a casa pós COVID? Um assunto que merece a reflexão de todos, inclusive de designers nas várias áreas. No atelier Nuno Matos Cabral Design Studio não fomos exceção e também refletimos sobre o tema.

Para ouvir a totalidade da entrevista clique aqui. Uma entrevista onde ficam algumas pistas de como vai ser a casa pós COVID, como vamos viver as várias divisões e espaços das nossas casas. Também pode ler o artigo da Primeira Casa da Rua que serviu de mote à nossa conversa, para isso basta clicar aqui.

Nuno Matos Cabral @ Antena 1.png

 

Design: A casa pós COVID-19

Nesta altura o tempo dá-nos tempo para pensar em temas que vão estar em cima da mesa nos próximos tempos. Por exemplo, como vai ser a casa depois do COVID 19?

Durante o período de confinamento já começámos a viver a casa de uma maneira diferente. Estamos a dar mais uso a divisões que não eram utilizadas e a atribuir novas funcionalidades àquelas divisões que normalmente só tinham uma função. A sala de jantar, hoje, já não é só a sala de jantar, mas também pode ser a escola, durante o período de aulas, e à noite, a zona de trabalho do pai, da mãe ou de ambos. A sala de estar pode ser o ginásio dos adultos no período da manhã e à tarde o ginásio dos mais pequeninos. Vamos ter espaços mais abertos e informais onde vamos procurar ter uma decoração mais informal, descontraída e com facilidade de ser alterada em poucos minutos. Peças de mobiliário mais leves, de fácil arrumação e algumas, até com rodas, para que tudo possa ser movimentado com o maior conforto e rapidez.

Devido ao confinamento muitas pessoas necessitaram de espaços para estarem sozinhas, num momento de puro prazer individual, já que tantas horas e dias confinados com toda a família permitem picos de tensão e stress. A criação desses espaços, vão-se manter mesmo depois do COVID-19 e mesmo em divisões onde o espaço não é abundante. Algumas plantas em vários níveis de altura podem ser a solução para que possa ter aquele cantinho para descansar e para separar este espaço da outra zona da divisão.

Primeira Casa da Rua 1.jpg

A casa vai ficar mais inteligente para um maior numero de pessoas, com a utilização massiva da domótica. Há muito que explorar para que a casa esteja protegida da contaminação, cada vez mais instruções para que tudo ou quase tudo possa funcionar com ordem de voz, talvez até possamos vir a ter um controlador de temperatura à porta ou um kit de higienização automática na entrada de casa.

Um hábito cultural, há muito praticado na Ásia, chegou ao mundo ocidental e veio para ficar. Os sapatos deixados à entrada de casa, seja na própria ou na casa de amigos ou família vai ser uma pratica reiterada, em todos os estilos de casas. Nós, designers vamos ter que pensar em formas visualmente apelativas para termos todos os sapatos à entrada, sem parecer que estamos perante uma exposição de sapatos.

Primeira Casa da Rua4.jpg

Outro hábito que vai fazer cada vez mais parte da vivência da casa é a criação de hortas. As hortas vão fazer parte dos jardins, quintais, terraços, varandas ou até mesmo do interior das casas, para onde já existem soluções perfeitas. Para quem não tem espaço, as hortas verticais vão ser a solução. Cada vez mais devemos ser auto-suficientes em tudo o que for possível. Plantas em casa também vão fazer cada vez mais parte da decoração de todas as divisões, criando uma sensação de contacto com a natureza mais próximo, humanizando cada vez mais os espaços.

Primeira Casa da Rua 5.jpg

Estes são alguns dos elementos ou hábitos que já mudaram em 2 meses e que vieram para ficar. Há outros hábitos e vivencias que se vão alterar. Só com o tempo vamos perceber aquilo que cada um de nós necessita e que pretende colocar dentro de casa. O caminho faz-se caminhando e é isso que devemos fazer, viver a vida, viver a casa que sempre foi, é e será sempre tão importante.

www.nunomatoscabral.com

 

Reciclar: E fez-se Luz!

E se eu lhe disser que uma lâmpada que chegou ao final do seu tempo de vida pode voltar a dar luz, acredita?!? Pois acredite, que é mesmo verdade. A Primeira Casa da Rua adora estes projetos, onde o faça você mesmo e a reutilização voltam a juntar-se. Um projeto dois em um. Vamos aproveitar uma lâmpada para passar a ser um elemento decorativo de uma divisão lá de casa ou do jardim.

Primeira Casa da Rua.pngPara realizar este projeto precisa de uma camisa de ganga ou de um jornal, uma lâmpada, um alicate, uma chave de fendas pequena, luvas, óculos de proteção, avental, luzes decorativas alimentadas a pilhas.

Agora pode começar o novo projeto. Enrole a lâmpada numa camisa de ganga ou num jornal para evitar que esta se parta. Retire a extremidade da parte metálica que está no casquilho, normalmente de cor preta. Com a ajuda do arame ou da chave de fenda pequena, parta o interior da lâmpada e retire cuidadosamente para dentro de um frasco.

Depois de retirado o interior coloque as lâmpadas decorativas e coloque a sua nova lâmpada pendurada numa árvore ou no centro da mesa de jantar.

 

Lamp Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.jpg

 

Media: Na Caras Decoração

Nas últimas semanas estive a trabalhar de casa, tal como tantas outras pessoas. O trabalho de alguma forma acabou por ser uma pedrada no charco para evitar as rotinas e o tédio.

A revista Caras Decoração quis saber o que ando a fazer por casa e no atelier Nuno Matos Cabral Design Studio. Aproveitei a oportunidade para deixar o meu muito obrigado a todos aqueles que saíram de casa durante o período de confinamento para ir trabalhar. Nunca é demais dizer, muito obrigado!

A imprensa nacional continua atenta a tudo o que se passa e continua bem viva, obrigado por nos manterem informados.

Nuno Matos Cabral @carasdecoração (2).jpg

 

DIY: Tenha um dia muito perfumado!

Agora que estamos num período onde devemos passar mais tempo em casa, temos que arranjar várias atividades para fazer sozinhos ou em conjunto, com todos os elementos da família. Os sabonetes artesanais são uma ótima ideia. É um projeto perfumado e útil, assim tem os seus próprios sabonetes. Pode utilizar os sabonetes para lavar as mãos ou para colocar dentro das gavetas da roupa para ter sempre a roupa perfumada.

Ingredientes:

- 850 gramas de azeite ou outro óleo vegetal;

- 115 gr de soda cáustica;

- 320 gr de água destilada;

- 40 a 70 gotas de óleo essencial de rosas;

- Pétalas secas de rosas.

Agora vamos fazer os sabonetes! Numa taça de vidro misture a água destilada com a soda caustica, utilizando uma colher de madeira para misturar. Deve fazer esta mistura com cuidado, uma vez que esta mistura provoca o aquecimento da água e pode queimar. Utilize óculos de proteção, avental e luvas.

Deixe a mistura arrefecer durante 30 minutos, depois misture o azeite ou outro óleo, mexa durante 30 minutos e vá colocando as gotas de óleo essencial de rosas. Quando a mistura estiver homogénea,  coloque pétalas de rosas secas, volte a mexer novamente, quando estiver totalmente misturada, coloque o liquido nas formas de silicone. 

Reserve os sabonetes num local fresco durante três semana. Depois basta desenformar e começar a utilizar os sabonetes de rosas ou oferecer a algém especial.

 

Soap by Primeira Casa da Rua.jpg

COVID FREE: Decoração de Interiores Online

A Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral disponibiliza serviços inovadores e facilitadores na área da decoração. Deco Online é um serviço de consultoria que ajuda a decorar o seu espaço, respeitando a sua privacidade e a sua saúde, é um serviço COVID Free, tal como todos os outros serviços online que pode encontrar na nossa loja online. Todas as consultas são feitas online, respeitando o meio ambiente, evitando emissões de CO2 e mantendo a sua saúde, sempre, em primeiro lugar.

Todas as questões sobre a casa, nomeadamente, como organizar a nova cozinha ou como dar um toque diferente à sala sem gastar muito dinheiro, vão ser respondidas online, pela equipa Nuno Matos Cabral Desin Studio ou por mim, que conto com mais de 15 anos de experiência no mercado do Design de Interiores e Produto, em Portugal, Itália e França.

Para além do serviço Deco Online, estão disponíveis, o Arrumar Online e o Home Staging Online. Todos os serviços são não intrusivos, uma vez que só nos mostra a área que pretende ver renovada, mantendo a sua privacidade mas também salvaguardando a sua saúde, bem como a saúde de toda a família.

Estes serviços encontram-se disponíveis para particulares e empresas. Já não tem desculpas para não dar um toque diferente à decoração da sua casa, que agora, é mais importante que nunca, uma vez que passamos muitas horas dentro de casa. Crie espaços confortáveis que permitam viver a casa de uma forma descontraída e tranquila. 

Para mais esclarecimentos não hesite em contactar-nos, info@nunomatoscabral.com.

 

#estamosjuntos

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.jpg

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabra 1.jpg

Media: Na revista Urbana

Nas últimas semanas muitos de nós trabalhamos em casa, ainda muita coisa acontece para além da pandemia, que assola o planeta. A imprensa nacional continua atenta a tudo o que se passa e continua bem viva, obrigado por nos manterem informados! 

A revista Urbana convidou-me para dar umas dicas para dar um toque diferente à casa sem sair de casa. Mudar algumas peças decorativas é o bastante para preencher se poder distrair mas também para que visualmente altere a decoração daquela divisão que precisa de um novo toque..

Também dei algumas dicas sobre sustentabilidade, que é um tema tão querido, não só para a Primeira Casa da Rua, mas também para o atelier Nuno Matos Cabral Design Studio. Neste período que temos que estar confinados em casa devemos ter todos os cuidados de saúde referidos pelas entidades de saúde, mas também devemos continuar a poupar o planeta e a poupar na carteira. Basta clicar nas imagens para ler os artigos na íntegra.

IMG_1705.jpg

 

IMG_1712.jpg

 

Em Casa: Hábitos Sustentáveis

Ontem fiz um direto na conta de Instagram da Primeira Casa da Rua onde estive a dar algumas dicas, para que, mesmo em casa, se possa poupar os recursos naturais e pouparmos na carteira. Estas regras devem ser adoptadas não só enquanto estamos neste período, que estamos consignados à casa, mas também depois deste.

Aqui fica um lista com mais de trinta ideias para que os seus comportamentos em casa possam ser mais amigos do ambiente, contribuindo para uma maior sustentabilidade do planeta.

Uma das minhas preocupações como designer de interiores é procurar que os meus projetos tenham um cunho sustentável, não só nos interiores mas também nos hábitos de quem as vive, afinal quando estou a criar um novo projeto também estou a imprimir uma nova forma de viver esse mesmo espaço. É importante vivermos a casa tendo em atenção hábitos mais amigos do ambiente.

Ter uma vida sustentável vai muito mais para além de separar o lixo. Agora que estamos muito tempo em casa não vamos deixar de poupar. Vamos ter hábitos mais sustentáveis, deixo-vos algumas ideias:

Primeira Casa da Rua 2.jpg

  1. Substitua todas as lâmpadas de casa para lâmpadas LED, têm uma maior longevidade e não gastam tanta eletricidade;
  2. Coloque redutores de caudal nas torneiras para evitar o desperdício de água;
  3. Apague as luzes das divisões que não têm pessoas;
  4. Não deixe os aparelhos em Stand By, desligue todos os eletrodomésticos no botão do power;
  5. Utilize pilhas recarregáveis, uma pilha recarregável chega a durar o equivalente a mil descartáveis;
  6. Evite a utilização do ar-condicionado, opte pelo ventilador. Ele produz a mesma sensação quente ou frio e gasta 90% menos energia;
  7. Opte por comprar os seus livros, jornais e revistas em formato digital;
  8. Sempre que necessitar imprimir o trabalho dos seus filhos ou algum projeto para o seu trabalho, utilize frente e verso das folhas;
  9. quando necessitar sair de casa opte pelas escadas e não pelo elevador assim faz algum exercício;

Na cozinha, uma das divisões onde se pode cometer mais erros e desperdiçar mais recursos, há muito a fazer.

Primeira Casa da Rua 3.jpg

  1. Faça uma lista das compras que necessita do supermercado ou da mercearia;
  2. Evite o desperdício de comida;
  3. Faça as suas compras perto de casa, está a ajudar o comércio local e não gasta gasolina, logo não emite CO2;
  4. Deixe de utilizar sacos de plástico;
  5. Plante as ervas aromáticas que necessita para os seus cozinhados;
  6. Regue as plantas durante a manhã ou final da tarde;
  7. Se puder opte sempre pelos alimentos orgânicos;
  8. Nos seus cozinhados utilize a panela de pressão. Atinge temperaturas mais altas em menos tempo do que uma panela normal. Gasta menos gás ou eletricidade, os alimentos são cozinhados mais rapidamente;
  9. Se não tiver panela de pressão, tape as panelas enquanto cozinha, assim o calor que simplesmente se perderia no ar é aproveitado e economiza energia;
  10. Não necessita ter o fogão sempre na temperatura mais alta, cozinhe com lume brando;
  11. Abra menos o frigorífico. Retire tudo o que precisa do frigorífico de uma vez só;
  12. Coloque o frigorífico afastado do forno. Quando estão próximos, um precisa gastar muito mais energia para compensar o ganho de temperatura do outro. Assim gasta menos energia eletricidade;
  13. Crie o hábito de separar o seu lixo; ECOPONTO AMARELO - Plástico e metal, AZUL- papel e cartão, VERDE- Vidro, VERMELHO – Pilhas, LARANJA – Óleos Alimentares;
  14. Faça compostagem. Se tem uma horta, então a compostagem será uma ótima aliada para a saúde de suas plantas. Além disso ajudará a diminuir o lixo orgânico produzido no seu lar;
  15. Não deite os óleos alimentares na sanita ou lava loiça. Coloque numa garrafa e depois coloque no ecoponto laranja. Um litro de óleo alimentar contamina cerca de 1 milhão de litros de água, o equivalente ao consumo de uma pessoa no período de 14 anos;
  16. Agora uma solução que não gera consensos, mas se puder e quiser fique um dia, por semana, sem comer carne. A produção da carne possui uma alta emissão de gás;
  17. Lave roupa só quando a máquina estiver completamente cheia, salvo as exceções que devem ser respeitadas nesta altura que estamos a viver;
  18. Evite talheres e copos descartáveis;
  19. Lave a louça numa bacia de água, utilize uma bacia para ensaboar a louça sem deixar a torneira aberta. Segundo algumas organizações internacionais tal ação pode gerar uma economia de 170 litros de água por lavagem. Ao longo de um ano, poderá economizar água o suficiente para abastecer a sua casa por mais de dois meses. Além de preservar o meio ambiente, também poupa na carteira;

Na casa de banho também há cuidados a ter.

Primeira Casa da Rua 4.jpg

  1. Quando tomar banho, opte sempre pelo duche. Um banho de banheira pode gastar quatro vezes mais energia e água do que um banho convencional de chuveiro;
  2. Ainda no duche, enquanto a água está a aquecer coloque um balde e aproveite essa água para utilizar por exemplo na rega das plantas ou outra qualquer atividade;
  3. Relativamente às sanitas que têm dois botões de descarga, utilize sempre o botão com a menor descarga de água, sempre que for possível, vai poupar água;
  4. Quando está a lavar as mãos ou os dentes não deixe a água correr enquanto não precisa da água;

Para terminar, algumas destas dicas estão no Guia Casa Sustentável Primeira Casa da Rua, que é um guia gratuito e em formato digital. Está disponível na loja online, clique aqui e peça o seu Guia!

Estamos juntos!

Agenda: Eu vou... Rock in Rio Innovation

Finalmente já vos posso contar uma novidade! Este ano faço parte do grupo de dinamizadores do @rockinrio_innovationweek!

Entre os dias 23 e 26 de junho, vamos conversar sobre relações humanas. Vamos trocar ideias sobre os nossos sonhos, aprender novas habilidades e planear o futuro, de forma sustentável, que me é um tema tão querido.

Serão mais de 100 talks interativas, grupos de conversa, workshops, sessões com mentores e networking. Vão existir instalações artísticas e happy hours no Rooftop do Lacs. Imperdível!

Vou participar com o mote 2020 do atelier Nuno Matos Cabral Design Studio e da nossa marca, Primeira Casa da Rua: "O teu Lixo é o meu Luxo". Espero poder encontrar-me com todos vocês por lá.

Descubra mais no site oficial, www.rockinrioinnovationweek.com, onde pode comprar um bilhete e oferecem-lhe um segundo bilhete para levar a sua cara metade ou o seu melhor amigo. 

Eu vou! Marcamos encontro por lá?!? 🤩

WhatsApp Image 2020-02-28 at 14.24.24.jpeg