Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira Casa da Rua

SE O TEMA É DESIGN SUSTENTÁVEL, DECORAÇÃO SUSTENTÁVEL OU DIY PARA A CASA, ENTÃO ESTÁ AQUI!

Obrigado ❣️

Minhas caras amigas e meus caros amigos, em meu nome e em nome da minha família muito obrigado por todos os telefonemas, mensagens, homenagens e orações que fizeram em nome da mãe.

Não temos palavras para agradecer a corrente de amor e luz que se fez em volta da irmã, mulher, mãe, avó, sogra, tia e amiga que tanto amamos.

O nosso coração está com todos vocês.

Aproveito para dar uma palavra de força a todas e todos os que, por alguma razão, estão a passar uma fase menos boa.

Muita força. Vai ficar tudo bem.

Um forte abraço, 

Nuno Matos Cabral

Agradecimento Guilhermina Matos Cabral.png

 

Amo-te Mamã*

Amei-te, amo-te e amar-te-ei.

No dia 21 de Setembro pelas 10h45 foi a primeira vez que nos vimos na vida terrena e foi amor à primeira vista. Olhamos um para o outro e soubemos no primeiro segundo em que respirei que era amor para a vida toda e é mesmo para a vida toda, mesmo para a vida depois da vida.

Uma das primeiras memórias. Tu, minha mãe, em casa, a cantares as músicas que eram tão especiais para ti e que te faziam sentir tão feliz. A tua luz e alegria iluminava tudo e todos. Para o meu olhar, duas pequeninas estrelas do enorme universo e para o meu coração ainda tão pequenino, só existias tu naquele momento, davas-me tanto amor sem pedir nada em troca que o meu coração ficava gigante.

Quem me ensinou a tabuada, os primeiros verbos e estava sempre junto a mim enquanto fazia os trabalhos de casa, eras tu. Se não estávamos juntos lá ia eu procurar por ti para estar ao teu lado. Só o poder estar junto de ti já era um privilégio que a vida me dava. Há tantas outras ocasiões e momentos em que rimos e chorámos juntos, umas vezes de alegria outras de tristeza, mas sempre estivemos juntos de mãos dadas. 

A memória que tenho mais presente foram todas as noites em que o medo do escuro me assustava. Ficava com muito medo, mesmo com a luz de presença ligada, e tu lá estavas, junto a mim, encostada ao meu braço ou a mexer no meu cabelo até dormir. Às vezes, ainda estava meio acordado quando estavas a ir para a cama, chamava-te e lá estavas tu junto a mim, mesmo que no dia a seguir o alarme tocasse mais cedo.

Sempre foste a mãe guia, cuidadora, divertida, distraída, verdadeira, honesta, tão, mas tão doce, sempre com uma palavra cheia de amor, de carinho, não só para os filhos, mas para todos os que estavam à tua volta, até para com aqueles que algumas vezes foram menos corretos contigo. Nessas alturas, mostravas ter uma grandiosidade e uma luz imensa, de tão humilde que eras, não sei se algum dia vou ser capaz de o igualar. És tão, mas tão grande que não consigo descrever em palavras.

Foi contigo que aprendi a respeitar o próximo e a exigir respeito, Foi contigo que aprendi que só devemos estar com quem nos faz bem. Foi contigo que aprendi a não guardar rancores. Foi contigo que aprendi a ser o homem que sou hoje, a aceitar-me tal como sou, com princípios que me guiam e me vão guiar para sempre até estarmos novamente juntos cara a cara, olhos nos olhos.

No dia 18 de Janeiro de 2021 partiste para a vida depois da vida, mas eu não podia ter o coração mais cheio de amor e gratidão. Estiveste no meu primeiro sopro e eu estive no teu último sopro. Como sempre desejei, estivemos de mãos dadas até ao teu último suspiro, cantei as músicas que tanto gostavas e que tantas vezes cantavas e me encantavam. Tenho tanta gratidão por ter conseguido estar contigo até à tua partida, OBRIGADO.

Como tu me disseste nas últimas semanas, olhos nos olhos: "Onde tu estiveres, estou contigo e estou bem." Minha mãe, onde tu estiveres eu também estou contigo. Vamos voltar a estar juntos e a dar aquele abraço de que tanto gostamos.

Amei-te, Amo-te e Amar-te-ei para sempre minha mãe.

Até já mamã.

Do teu filho que tem um amor por ti sem tamanho um beijo do tamanho do universo.

Anjo da Guarda te acompanhe minha mãe.*

26.10.1937 - 18.01.2021

 

Guilhermina Matos Cabral.jpg

Guilhermina Matos Cabral e Nuno Matos Cabral 2.jpg

Guilhermina Matos Cabral e Nuno Matos Cabral 3.JPG

Confinamento Sustentável

Agora que vamos entrar novamente num período de confinamento descubra dicas para poupar na carteira,

Agora que o confinamento está de volta, ou seja, vamos estar em casa 24 sobre 24 horas em casa, vamos gastar mais energia, por isso deve ter em conta algumas dicas para que possa poupar na conta da eletricidade, água e gás, mas também para poupar o planeta. 

São regras tão fáceis de executar, que praticamente nada altera os seus hábitos:

1. Agora que faz mais frio, mas esta um sol agradável, aproveite para abrir todas as persianas ou portadas para que a casa possa estar mais confortável e mais quente enquanto há sol. Não necessita ter o aquecimento ligado 24 horas;

2. Reduza a intensidade do aquecedor. Vista roupa mais quente e beba um chá para aquecer;

3. Não deixe luzes ligadas quando não está na divisão;

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral 7.jpg

4. Se estiverem todos a ver o mesmo programa, não tenha várias televisões ligadas, aproveite para se encontrar com toda a família na sala de estar; 

5. Troque todas as lâmpadas da casa por LED, (2700 K), são mais duradouras e mais económicas. Atualmente encontra no mercado lâmpadas com a luz mais amarela que permite criar um ambiente mais confortável;

6. Não deixe a água a correr se não estiver a precisar, por exemplo, feche a torneira enquanto escova os dentes ou enquanto lava os alimentos que vai cozinhar;

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral 1.jpg

7. Quando lavar a loiça à mão, coloque-a num alguidar, deite água e detergente, lave bem os recipientes e afins, e só depois de tudo bem lavado deverá voltar a abrir a torneira para retirar o produto;

8. Antes de entrar no duche, há sempre desperdício. Enquanto a água aquece coloque um recipiente e utilize essa água para regar as plantas ou para lavar a loiça;

9. Procure retirar tudo o que necessita do frigorífico de uma só vez. Estar a abrir constantemente o frigorífico gasta mais eletricidade para que o aparelho possa manter a temperatura ideal;

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral 6.jpg

10.  Os consumos em "stand-by" podem representar até 10% da fatura de eletricidade. Desligue os aparelhos sempre que possível. Desligue sempre a TV no botão do "power" e não no comando, assim vai continuar a gastar eletricidade;

11. É importante mantermos os hábitos da separação do lixo. Se não o fazia antes, aproveite este período e comece agora. Peça ajuda aos mais pequenos, vão-se sentir úteis ao ajudar a família.

 

Boas Festas *

Neste Natal não sabia bem o que escrever, qual a mensagem a passar, "mixed feelings". Por um lado queria ter um registo alegre e positivo, que tanto precisamos, mas por dentro, neste Natal, não foi assim que me senti, infelizmente os pais não estão bem de saúde. Esta é uma parte de mim que é tão reservada e tão intima que prefiro não falar, prefiro guardar para mim e para os meus pensamentos.

Ontem, uma amiga enviou-me um texto que não posso deixar de partilhar. Em poucas palavras consegue exprimir uma parte daquilo que sinto. De José Luís Peixoto in “A Criança em Ruínas".

«na hora de pôr a mesa, éramos cinco: o meu pai, a minha mãe, as minhas irmãs e eu. depois, a minha irmã mais velha casou-se. depois, a minha irmã mais nova casou-se. depois, o meu pai morreu. hoje, na hora de pôr a mesa, somos cinco, menos a minha irmã mais velha que está na casa dela, menos a minha irmã mais nova que está na casa dela, menos o meu pai, menos a minha mãe viúva. cada um deles é um lugar vazio nesta mesa onde como sozinho. mas irão estar sempre aqui. na hora de pôr a mesa, seremos sempre cinco. enquanto um de nós estiver vivo, seremos sempre cinco.»

Nós, seremos sempre quatro.

Já não vou a tempo de deixar os votos de um feliz Natal, mas espero que tenha tido um Santo Natal. Desejo-lhe um fantástico ano de 2021, com muita saúde e cheio de sucessos para si e para todos aqueles que mais ama. Bom Ano!

 

Natal Christmas Nuno Matos Cabral 2.jpg

 

Design: #ODE2.0 by Nuno Matos Cabral Design Studio

Este ano o Nuno Matos Cabral Design Studio teve a honra, mais uma vez, de ser convidado para criar o prémio da importante associação Women in Tech e trabalhar mais uma vez com a prestigiada marca Vista Alegre. Como o conceito do ano passado foi tão bem acolhido decidimos manter a mesma linguagem mas com um toque de Portugalidade, utilizando um prato como se fosse um azulejo, elemento decorativo tão conhecido e reconhecido na história de Portugal. Escolhemos um prato sem qualquer rebordo para que possa ser utilizado como peça decorativa mas também como prato para servir pratos especiais a convidados especiais.

Tal como no ano passado, a #ODE2.0 é uma homenagem a todas as mulheres. No centro da peça temos um rosto de uma mulher anónima, independentemente da etnia, cultura ou credo, que dedica a sua vida à tecnologia, representada pelos circuitos que preenchem a peça. Os 5 circuitos impressos no perfil da mulher representam os 5 sentidos. A mulher utiliza os 5 sentidos no desenvolvimento dos seus projetos tecnológicos. A #ODE é em porcelana e ouro. Foram produzidas unicamente 10 unidades da mesma, sem qualquer fim comercial.

Aproveito para agradecer a toda a equipa Women in Tech, em especial à Ayumi Moore Aoki, à Cláudia Mendes Silva e a todas as mulheres que me "abraçaram" e que me acompanharam neste percurso até ao resultado final, a #ODE2.0. Também não posso deixar de dizer obrigado à Vista Alegre, em particular à Carla Graça e à Margarida Cardoso e dar os meus sinceros parabéns a todas as nomeadas e às vencedoras. Parabéns!

Vista Alegre by Nuno Matos Cabral 1.pngVista Alegre by Nuno Matos Cabral 2.png

Vista Alegre by Nuno Matos Cabral.jpg

 

Conheça a casa de George Clooney em Malibu

Se gosta de ver as casas dos famosos ou tirar ideias de casas que aparecem nas capas de revistas então este video é para si!

A revista norte americana AD entrou na casa de Malibu do ator George Clooney e a Primeira Casa da Rua decidiu partilhar consigo! 

Descubra algumas ideias que pode replicar em sua casa, mesmo que seja um espaço mais pequeno, não vão faltar ideias para replicar.

 

Hoje, cá em casa cozinha-se!

Bem sei que o tempo não está quente, mas como adoro saladas e hoje o tempo não é muito, não parei com as gravações dos vídeos Primeira Casa da Rua, decidi fazer uma salada de salmão entre um vídeo e o outro. Aqui fica a receita para replicar.

Entretanto, pode ver aqui um dos vídeos que estivemos a gravar hoje.

Estas quantidades foram para alimentar a equipa, éramos 4!

  • 500 g da sua massa favorita
  • sal q.b.
  • azeite q.b.
  • 4 lombos de salmão fresco
  • 3 c. sopa de molho de soja
  • 2 chávenas de agriões
  • 100 g de queijo feta
  • 3 c. sopa de azeite
  • 1 c. sopa de mostarda de Dijon
  • 1 c. sopa de mel
  • pinhões torrados q.b.

Agora mãos à obra:

  1. Coza a massa em água e sal segundo as instruções da embalagem. Enquanto isso, aqueça um fio de azeite numa frigideira em lume alto.
  2. Adicione o salmão e deixe cozinhar por cerca de 2 minutos de cada lado. Baixe o lume para médio e adicione o molho de soja. Cozinhe por mais 5 minutos ou até o salmão estar confecionado e dourado.
  3. Escorra a massa e passe-a por água fria. Junte-lhe o salmão partido em lascas, os agriões e o queijo Feta em pedaços.
  4. Numa taça, misture azeite com a mostarda e o mel. Regue a salada com este molho e sirva-a polvilhada com pinhões torrados.

 

Superfood Salmon Salad | Eating Bird Food

O Outro Lado: Cá em casa

Sou fã da Véritable®, uma horta urbana fornecida pela Cook & Lifestyle. Se gosta de cozinhar ou de alimentação saudável então este é um "must have". Cá por casa escolhemos a Véritable® SMART, é a horta mais versátil da marca, uma vez que ajusta automaticamente a luz LED de acordo com a luz do dia para um crescimento ideal em todos os momentos.

Potager-CONNECT-3-4-infinity-gray-2000px.jpgPara quem a rega das ervas aromáticas é um problema vai deixar de o ser, os jardins interiores Véritable® são totalmente autónomos. A autonomia do reservatório de água estende-se de 1 a 4 semanas de irrigação, constante e regular, dependendo do tamanho da planta e da temperatura ambiente.

lingot-pyramide6.jpg

No Lingot®, onde estão as sementes plantadas, encontra 70 espécies diferentes, entre ervas aromáticas, mini frutas, vegetais e flores comestíveis. O sistema hidropónico passivo Véritable® e o material específico Lingot® fornecem a água necessária para cada planta graças ao seu sistema de irrigação capilar silencioso. A luz que pisca lembra-nos que está na hora de reabastecer o reservatório, ou seja, nunca mais nos vamos esquecer de regar as plantas!

Todos os produtos e embalagens Véritable® são reciclados ou biodegradáveis. Apenas são usados tinta vegetal e papel de fontes responsáveis. Além disso, a Véritable® também contribui para a redução de desperdício de embalagens, com caixas personalizadas, cujo formato contribui para otimizar o espaço - uma embalagem compacta significa mais produtos num paleta e a redução do impacto ambiental no transporte, os Lingots® (container da terra com as sementes), são 100% naturais, biodegradáveis e compostáveis, livres de OGM e pesticidas. O consumo de água e energia está igualmente otimizado.  

A Véritable® não é só uma horta urbana também é um estilo de vida. 

 

Faça Você Mesmo: Um relógio original feito em 5 minutos

Há pouco tempo publicámos o primeiro vídeo da nova Primeira Casa da Rua, e vamos continuar. Em breve vamos ter mais um vídeo com mais dicas para a casa e para viver a casa. 

Voltando ao primeiro vídeo, partilhámos uma ideia para reutilizar aquele saco de papel giro que está lá em casa e transformá-lo num relógio super original. Veja ou reveja o vídeo aqui. Uma ideia para decorar uma divisão da sua casa ou um presente original para oferecer a alguém especial.

Outros projetos Primeira Casa da Rua onde a reutilização e o DIY se completam: 1, 2, 3, 4, 5.

 

Primeira Casa da Rua by Nuno Matos Cabral.jpg