Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Já viram o nosso Glossário?

por Primeira Casa da Rua, em 30.06.14

Sabe o que é um batique ou o capitoné, já não tem desculpa para não saber, pode ver estas e outras palavras no nosso Glossário. Divirta-se!

 

Primeira Casa da Rua

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:30

Glossário

por Primeira Casa da Rua, em 09.07.13













Sabe qual é o significado de pé-direito ou capitoné...veja o nosso Glossário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:27

Novas palavras no Glossário

por Primeira Casa da Rua, em 01.07.13







O nosso Glossário continua a aumentar o número de palavras, hoje acrescentei mais umas quantas: bomboneira, pionés, feng-shui, entre outras.

O Glossário é super engraçado, porque muitas palavras todos nós sabemos o seu significado, mas descreve-las de uma forma correta e precisa?!!? É divertido! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

Glossário mais completo sobre Decoração

por Primeira Casa da Rua, em 18.06.13
Existem imensos termos técnicos na área da decoração e do bricolage, por isso, decidi criar um Glossário com os termos que precisamos saber para podermos criar os nossos próprios projetos.



Ajude-me a  criar o mais completo Glossário em língua portuguesa, envie-me novas palavras para primeiracasadarua@gmail.com.


Foto. pinterest.com


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Glossário

por Primeira Casa da Rua, em 11.02.13
A existência de inúmeros termos técnicos na área da Decoração e Bricolage (DIY), levou-me a criar um Glossário que todos nós possamos recorrer, sempre que tivermos uma dúvida. Vai ser um Glossário que vai estar em constante desenvolvimento, por isso, se tiver alguma palavra que acha que deve fazer parte deste glossário, não hesite em enviar-me por email, primeiracasadarua@gmail.com.



A

Abajur. Elemento de candeeiro que cobre a luz a fim de regular a intensidade da mesma.

Acolchoar. Método de coser dois panos de tecido com uma camada de drakalon no meio.

Alicate. Ferramenta metálica com formato similar a uma tesoura, que serve para segurar, cortar ou dobrar peças metálicas.

Aparador. Móvel normalmente colocada na sala de jantar, com prateleiras e portas, geralmente comprido e estreito, sobre o qual se colocam as travessas com os alimentos, garrafas e outros utensílios que possam a vir ser necessário durante as refeições.

Aparafusadora. Aparelho elétrico ou manual utilizado para fixar parafusos.

 

Aplique. Acessório de iluminação fixo à parede.



B

Bainha. Dobrar para dentro e coser a orla por rematar do tecido.

Balaustre. Pequena coluna ou marco de pedra utilizado como suporte de corrimões e peitoris.

 

Balsa. Tipo de madeira leve, resistente, de crescimento rápido (podendo atingir até 30 metros), usada principalmente para confecção de maquetes.

 

Banqueta. Banco pequeno e sem encosto.

Batique. Técnica para estampar tecidos, que consiste na aplicação de várias camadas de cera derretida sobre um tecido, que posteriormente é tingido, até que ao remover a cera o tecido fique com desenhos com muitas cores.

Berbequim. (furadeira) Aparelho elétrico ou manual com broca para fazer furos.

Bergere. Cadeirão

Bomboneira. Recipiente de loiça ou porcelana para guardar bombons.

Bordado Inglês. Tecido fino bordado, normalmente branco e com um desenho floral, que pode ser utilizado com rebordo ou adorno.

Bricolage. Ocupação de tempos livres com trabalhos manuais.

Bucha. Pedaço de plástico que se embute numa parede, para nela se introduzir um parafuso ou prego.

C

Cabaça. é a designação comum dos frutos das plantas: cabaceira, porongueiro, cabaceiro e na Amazónia, de jamaru.

 

Cadeirão. Cadeira de braço normalmente estofada, poltrona.

Camilha. Cobertura para mesa redonda, cobertura de mesa debaixo da qual está uma braseira.

Canapé. Assento com braços e costas para sentar 2 ou mais pessoas.

Candelabro. Castiçal para muitas velas. Candeeiro grande, lustre.

Capitoné. Estofo em couro ou tecido marcado com botões dispostos de forma simétrica.

Carpete. Tapete de grandes dimensões para cobrir a maioria do chão de uma divisão.

Castiçal. Utensílio que pode ser em diferentes materiais para colocar uma ou mais velas.

Cetim. Tecido em seda ou algodão macio e brilhante.

Chaise-longue. Palavra de origem francesa. Cadeira de recosto.

Chave de fendas. Ferramenta para aparafusar e desaparafusar.

 

Chave inglesa. Ferramenta para apertar ou desapertarcom abertura regulável.

Chenile. Fio aveludado de lã, seda ou algodão, com fibras salientes.

Consola. Mesa comprida e estreita, que normalmente, encosta-se a uma parede, para colocar objetos decorativos.

Contador. Móvel em forma de armário com muitas gavetas.

Cortiça. Casca de sobreiro ou de outras árvores, que tem muitas aplicações industriais e decorativas.

D

Debrum. Fita com o qual se guarnece a extremidade de um tecido.

Decoração. Ato de ornamentar ou decorar.

Divã. Cama baixa e estreita normalmente de madeira. Género de sofá sem encosto e sem braços, normalmente coberto por almofadas.

Dossel. Armação de madeira ou ferro, forrada a tecido, normalmente utilizado sobre camas ou tronos reais.

Drakalon. Fio oco de fibra de poliéster, com várias espessuras e larguras, utilizado na decoração e forro de edredons.

Dhurrie. Tapete indiano de tecelagem rasa, normalmente feito de algodão e formando, muitas vezes, desenhos geométricos.

 


E

Edredão. Coberta acolchoada para a cama. Enchida com penas, algodão, lã ou sumaúma.

Empalhar. Cobrir, forrar, encher ou revestir de palha ou palhinha.

 

Esboço. Delineamento inicial de uma obra de desenho ou de pintura.

 

Escápula. Prego de cabeça revirada que serve para pendurar objetos.

Espátula. Instrumento de madeira ou metal, com forma similar a uma faca, para abrir livros ou para trabalhos de modelação entre outros.


Estêncil. Origem na palavra inglesa, stencil. Molde com letras ou padrões recortados, sobre o qual se aplica tinta, utilizado para decorar paredes, mobiliário ou tecidos.

Estofar. Cobrir com estofo, forrar sofás, cadeiras, cabeceiras, entre outros, com tecido.

Estuque. Espécie de argamassa utilizada em acabamentos, nomeadamente de paredes.


F

Fio de Prumo. Cordão ou fio preso a um peso pontiagudo e que se utiliza para obter linhas retas e verticais ao longo de uma parede, à medida que vão sendo necessárias linhas de orientação.

Feng-shui. Área da filosofia taoísta, que estuda a relação entre as pessoas e os ambientes onde vivem, analisando a melhor forma de organizar o espaço para trazer benefícios aos seus utilizadores.

Florão. Ornamento no centro de um teto ou de uma abóbada.


G

Glossário. Dicionário de termos técnicos ou de uma arte ou ciência.

Grinalda. Coroa de flores, pérolas ou ramos.

Guilhotina. Máquina para cortar papel por meio de uma lâmina que se movimenta verticalmente. Também existem máquinas que cortam madeira ou metal.


H

Holofote. Aparelho de iluminação, geralmente cilíndrico, capaz de projetar feixe de luz a grandes distâncias, normalmente utilizado para iluminar fachadas de edifícios ou objetos em particular.


I

Iluminação. Quantidade de luz existente num determinado lugar.

Iluminação de trabalho. Luz localizada, utilizada principalmente para iluminar uma área especifica.


J

Janela. Abertura na parede, acima do pavimento para permitir a entrada de luz e ar. Caixilho móvel que é utilizado para tapar a abertura.

Janela de Guilhotina. Janela que se abre ou fecha mediante o deslize da sua caixilharia na vertical.


K

 

K-line. Superficie lisa, com espuma entre superficies, que permite escrever e desenhar por cima. Ideal para maquetas e trabalhos manuais.


Kilim. Tapete de tecelagem plana, proveniente do Médio Oriente ou Ásia Central. Em regra geral é de algodão e tem representados desenhos geométricos.


L

Lampião. Peça de iluminação semelhante a uma lanterna, que funciona eletricamente ou através de um reservatório de combustível, portátil ou fixa, utilizada na parede ou teto.

LED. Palavra inglesa, Light Emitting Diode, diodo semicondutor que emite luz quando a corrente elétrica passa por ele. Designativo para aparelhos ou lâmpada que consomem menos energia.

 

Lista de materiais. Para que possa criar as ideias da Primeira Casa da Rua deve ter uma lista de materiais em casa que lhe vão facilitar a vida. Não podemos esquecer de proteger a bancada ou espaço onde vamos trabalhar para não estragarmos nada.

1. Papel, lápis, Borracha e Tesoura;
2. Nivelador;
3. Martelo e Pregos;
4. X Ato;
5. Alicate;
6. Aparafusadora;
7. Berbequim e respetivo estojo de brocas;
8. Buchas e Parafusos;
9. Pistola de Cola Quente;
10. Fita Cola;
11. Marcadores para Papel e Tecido;
12. Chave de Fendas.

 

Lixadora. Instrumento que serve para lixar.

Lustre. Candeeiro de teto de grandes dimensões com pendentes e muitas luzes.


M

Martelo. Ferramenta constituída por uma cabeça de ferro que encaixa num cabo, é utilizada para bater.

Marreta. Martelo bastante pesado com cabeça quadrada.


N

Namoradeira. Sofá para duas pessoas, normalmente com estrutura em madeira e revestida em tecido ou em pele. Nome dado a um tipo de escultura popular no estado brasileiro de Minas Gerais.

Nível. Ferramenta que serve para verificar se um plano está horizontal ou vertical.

O

Oleado. Pano impermeabilizado através de verniz.

Origami. Arte ou processo, de origem japonesa, de dobrar e recortar papel criando formas e figuras decorativas.

Orla por rematar. Orla de peça de tecido sem bainha, desfiada ou cortada.

Ourela. Orlas do tecido que correm ao longo dos dois lados de um cumprimento de tecido. Estas orlas estão rematadas, sendo assim, não se desfiam.

P

Palete. Plataforma de madeira onde se empilha carga para ser transportada.

Papel Kraft. Género de papel fabricado a partir de uma mistura de fibras de celulose. Esta mistura de fibras confere ao papel uma alta resistência para o seu processamento em máquinas, bem como, uma relativa maciez.


Passadeira. Espécie de tapete, estreito e comprido, em tecido ou oleado, utilizado em corredores ou escadas.

Pé-direito. Distância entre o nível superior do pavimento e o nível inferior do teto, dentro de um apartamento ou casa.

Pionés. Espécie de prego de cabeça larga e chata, geralmente usado para fixar em painéis de cortiça.

 

Poleias. Peçageralmente em forma da letra Ldestinada a sustentar prateleiras ou outros objectos.


Poltrona. Cadeira de braços, normalmente estofada.

Ponto de luz. Final de circuito elétrico onde se colocam os candeeiros.

Pufe. Assento baixo sem costas e braços, normalmente acolchoado.

Q

Quebra-luz. Peça utilizada para cobrir luz para lhe atenuar a intensidade.

R

Rebarbadora. Aparelho elétrico ou manual utilizado para retirar aspereza em obra de fundição, marcenaria.

Reóstato. Resistência variável que se introduz em série num circuito para poder variar a corrente que percorre.

Rodapé. Faixa de madeira ou outro material que remata a junção da parede ao chão. Espécie de cortina que pende da beira da cama até ao chão.

S

Saladeira. Recipiente normalmente em loiça para preparar ou servir saladas.

Sanca. Remate convexo entre a parede e o teto.

Sanefa. Estrutura decorativa, de madeira ou em tecido, utilizada para cobrir a parte superior dos cortinados ou estores.

Seda. Filamento utilizado pela bicho da seda para construir o seu casulo. Tecido feito com esse fio.

 

Seixo. Fragmento de mineral ou de rocha, menor do que bloco ou calhau e maior do que grânulo


Senhorinha. Género de poltrona de quarto.

Serapilheira. Tecido grosseiro, utilizado para fazer sacos ou enrolar fardos.

Serigrafia. Processo de reprodução de imagens em vários materiais, nomeadamente, papel.

Serrote. Ferramenta com serra de folha, onde na extremidade mais larga se coloca um cabo.

Stencil. (estêncil) Molde com letras ou padrões recortados, onde se aplica tinta, normalmente utilizado para decorar paredes ou móvéis.

Sumaúma. Pelos que envolvem as sementes das árvores da familia das Bombacáceas, os quais constituem um algodão aproveitado para acolchoamento.


T

 

Tacha. Prego pequenode cabeça chata

 

Tapete de Arraiolos. Tapete bordado em lã, com o ponto de costura com o mesmo nome, proveniente da vila alentejana de Arraiolos em Portugal.

Tinta de Água. ou Tinta Plástica, Tinta com base de água, de secagem rápida, adequada para aplicar em paredes e tetos.

Tinta de Óleo. Tinta adequada para aplicar em madeiras e superfícies metálicas.

Tomada. Terminal de instalação elétrica, constituída por peça com dois furos ao qual se ligam os electrodomésticos.

Torno. Aparelho onde se faz girar peça de madeira ou metal que se pretende moldar.

Torno de bancada. Aparelho fixo a bancada de trabalho, onde se faz girar peça de madeira ou metal que se pretende moldar.

Trincha. Pincel espalmado.



U

Utensílio. Qualquer instrumento que serve para o fabrico de um produto no exercício de uma arte ou oficio.


V

Velcro. Fitas de nylon, uma áspera e outra macia, que aderem imediatamente uma à outra, quando pressionadas.

Vivo. Debrum que pode ser utilizado na maior parte dos revestimentos em tecido.


W

Wenge. Madeira com veios pronunciados, que pode ter várias cores, do castanho ao preto.


X

X-ato. Instrumento cortante com lâmina retráctil, utilizado para cortar papel, alcatifas, entre outras superfícies moles e flexíveis.


Y


Z

Autoria e outros dados (tags, etc)


PRIMEIRA CASA DA RUA

A Primeira Casa da Rua é um blogue onde pode descobrir com o mudar a sua casa em pouco tempo, com ideias simples, inovadoras utilizando os "nossos" três "eRRes" : Reciclagem, Reutilização e Recuperação. Também pode descobrir todas as regras para ter a sua casa perfeita: Como colocar um quadro na parede sem danificar o estuque ou descobrir qual a distância que deve ter o candeeiro da sala de jantar da mesa.

Translate




Seguir no SAPO

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D


A PRIMEIRA CASA DA RUA ESTÁ NA CASA CLÁUDIA...OI BRASIL!


E TAMBÉM NA SIC MULHER E NO SAPO... OLÁ PORTUGAL!